Poupaqui

Poupaqui

FARMAIS GUARARAPES

FARMAIS GUARARAPES

DROGARIA BARAK

DROGARIA BARAK

Advocacia Luis Carlos Galhardo

Advocacia Luis Carlos Galhardo

CENTRAL FORROS, CLIQUE E CONFIRA NOSSA PÁGINA

ÓTICA ESTILO

ÓTICA ESTILO

VILLA GRILL II, CARDÁPIO

Laboratório Mastellini

Laboratório Mastellini

ADVOCACIA

ADVOCACIA

OPTICA OCULAR

OPTICA OCULAR

Concorra a prêmios, clique na imagem

CIDINHA LANCHES, DISQUE ENTREGAS

CIDINHA LANCHES, DISQUE ENTREGAS

Bolsonaro: se não houver volta a emprego semana que vem, vou tomar decisão



Como alternativas, o presidente fala em autorizar o retorno às atividades dos comerciantes; medidas vão contra todas as orientações de órgãos de saúde

O presidente Jair Bolsonaro reforçou que as questões do “vírus e desemprego não podem ser tratadas de forma dissociada” no Brasil e defendeu o afrouxamento das regras de quarentena. Segundo o presidente, se a partir da próxima semana “não começar a voltar o emprego, vou ter de tomar uma decisão”.

Entre as alternativas, Bolsonaro, em entrevista à rádio Jovem Pan sugeriu “numa canetada” autorizar o retorno às atividades dos comerciantes, que, segundo o presidente, “levaram uma paulada no meio da testa com as medidas tomadas por alguns governadores”.

“Eu tenho um projeto de decreto pronto para ser assinado, se for preciso, que considera como atividade essencial toda aquela indispensável para levar o pão para casa todo dia”, afirmou o presidente.


Segundo o presidente, “enquanto o Supremo ou o Legislativo não suspender os efeitos do meu decreto, o comércio vai ser aberto. É assim que funciona”. Bolsonaro ainda disse que não montou um Ministério “colado” ao Legislativo e descartou que os militares possam atuar na reabertura do comércio.

Fonte: https://exame.abril.com.br/
Compartilhar no WhatsApp! Compartilhar Google Plus

Autor: Arnaldo

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Casa do Suco

Casa do Suco

PASTELMEL

PASTELMEL