De Mirandópolis para o Brasil. Conheçam a história do corredor e coletor de lixo Mizão | Guararapes Sorriso News

De Mirandópolis para o Brasil. Conheçam a história do corredor e coletor de lixo Mizão



[11:25, 09/01/2020] Josi Repórt: Valmir Edmilson dos Santos ( 53 anos) excepcional corredor de Mirandópolis, carinhosamente conhecido como Mizão do atletismo nasceu em Mirandópolis em 22/ 12/1967.
Segundo ele uma das pessoas que apresentou essa modalidade esportiva foi seu amigo Sorriso, que o incentivou a correr em meados de 17/01/2004.
Sua primeira corrida foi a São Silvestre de Mirandópolis, em 2004. “ Eu e o Sorriso chamamos o Sr º Elias (coletor de lixo) para treinar conosco. Nesta época o Paulo Anderson nos chamou para correr com ele, porém nós o chamamos de “doido”, pois ele corria num nível bem alto e nós não conseguíamos acompanha-lo. Depois começamos a nos consolidar nas corridas, mas nós treinávamos e corríamos sem equipe mesmo” comentou Mizão.
Após muitos treinos e muita dedicação, Mizão quando começou a treinar pesava cerca de 73 quilos, porém atualmente ele pesa 60 Kg, peso este que o ajuda muito nas corridas que participa, pois quanto mais leve for o atleta melhor será sua performance.
“ No começo para mim foi meio difícil tive algumas lesões leves e outras mais fortes, as quais me deixaram três a quatro meses parado sem poder correr. Agora após muitos treinos e aperfeiçoamento é muito raro ter alguma lesão, pois me mantenho condicionado para evitá-las. Nesse interim participei da minha primeira equipe denominada “CORRIDA ENTRE AMIGOS”, mas esta equipe durou somente: dois meses. Nós treinávamos quatro vezes na semana (SEG/ QUA/ SEX/DOM). Nem sabíamos o que era “pace”, corríamos só pelo tempo. Na época a Prefeitura oferecia transporte para irmos às corridas. De pois disso, surgiu a EQUIPE SOL NASCENTE, em 2014. Comecei a viajar para muitas corridas, totalizando atualmente mais de 200 corridas em meu currículo e duas maratonas (42 KM) em São Paulo (MARATONA INTERNACIONAL DE SÃO PAULO(2018 / 2019). Na maratona de 2018 consegui chegar no Top 100, minha maior conquista de corridas de rua. Mas minha modalidade preferida é correr nos 10 Km, onde o melhor tempo dela foi de 36min. Porém já participei de duas corridas de trilhas (TRAIL RUN) e fiquei entre os 5 primeiros colocados no geral” destacou o Mizão.
Dentre vários amigos que Mizão conquistou os primeiros amigos de corrida foram os atletas na Equipe Sol Nascente (Sorriso, Cristiane, mauro, Srº Elias, Mizão Eliane, Juliano, Jhonatan, Chicão, Srº Dedé, Paraíba, Hissao, Magrão, Neide, Valdir, Andréia, Dema e Daniel Cunha)
Valmir Edmilson começou a trabalhar na coleta de lixo e a perder peso. Ele entrava às 6 hrs da manhã e saía às 14 hrs, e mesmo cansado do trabalho e com um emprego insalubre às 15 hrs ele partia para o treino e corria 45 mim a 50 min.
“ Sou eternamente grato e devo muito a este esporte maravilhoso que é a corrida de rua, pois fui liberto do alcoolismo e do tabagismo que só me causavam problemas e confusões. Atualmente levo uma vida mais saudável e longe de vícios” emocionado Mizão comentou.
Geração nova
Hoje Mizão faz parte da geração nova do atletismo de Mirandópolis, porem antigamente ele já foi considerado o melhor corredor da cidade. Vale destacar também que Daniel Cunha também fazia parte da elite do esporte, o qual era muito admirado por Mizão.
 Um dos nomes mais cotados na região de Mirandópolis é do atleta Marcos Hidalgo, o qual tenho o prazer de te-lo como amigo. “Agora a geração nova possui um novo quadro de atletas, onde eles são unidos e um impulsiona o outro, dentre os atletas destaco: Cleber Leite de Sousa, Marcos Hidalgo, Chiquinho e Bruno Shimada” salientou.
Amizade
“ Eu tenho um amigo de longa data que sempre quero vê-lo evoluindo: o Magrão. Quando eu entrei na Evolution – Assessoria Esportiva, queria me superar sem me preocupar com a idade, e o Magrão (José Pereira) sempre me apoiou e manteve nossa amizade mesmo sendo de equipes diferentes, sendo que até nos dias atuais somos grandes amigos. No mundo da corrida de rua conheci um grande amigo/ irmão ele tem 29 anos e eu 53, a diferença de idade faz nos parecer pai e filho. Ele é uma pessoa especial que entrou em minha vida no mundo da corrida de rua e só me ajudou a crescer como pessoa e atleta. Sempre estamos juntos nas corridas e na MTB (mountain bike), treinando juntos e também nas horas vagas estamos conversando sobre coisas do dia a dia e sobre as corridas. Minha gratidão eterna ao meu grande amigo e irmão Francisco Gerson (Chiquin). Agradeço muito também o professor Leo e a Sandra (Treinadores  e Fundadores da Evolution Assessoria Esportiva e da Equipe Pé de Cana)  por acreditarem em meu potencial e me dar um presente inesquecível: um tênis de corrida! E com ele fiz minha primeira maratona. Agradeço pelo patrocínio e sua admiração por mim. Destaco também o presente maravilhoso que é poder participar desta equipe “EQUIPE PÉ DE CANA”, bem conceituada no esporte. Muito obrigado também aos demais amigos que não citei, mas saibam que tenho muito carinho por todos vocês” finalizou Valmir Edmilson dos Santos.
Finalizando Mizão agradece e faz questão de citar o nome de seus amigos e atletas da equipe PÉ DE CANA, a qual ele faz parte: Leo, Sandra, Laís, Rosana, Nelson, Felipe, Sr º Luís, Marcos Hidalgo, Chiquin, Cleber, Daniel Cunha, Bruno Shimada, Sr º Elias, Marcos Hidalgo e eu Mizão.
“Nunca desistam! Lutar é preciso! Agradeça a Deus e à família, pois sempre haverá
dificuldades, mas temos que aprender a superá-las” Mizão.








Compartilhar Google Plus

Autor Guararapes Sorriso News

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial