Grande operação da Polícia Civil culmina em apreensão de drogas e prende envolvidos no tráfico em Valparaíso



Policiais civis da unidade policial de Valparaiso, com o apoio do GOE 30, DISE, Delegacia de Guararapes, por volta das 15hs de quinta feira (16) detentores de informação de que nos endereços situados no aglomerado de casas da Rua Domingos Jorge, bairro Lambari, havia intenso tráfico de drogas promovido por integrantes de facção criminosa.

Deslocaram-se até o lugar, munidos de mandado de busca e apreensão expedido nos autos do processo, e lá chegando verificaram que na residência da Rua Domingos Jorge, Bairro Lambari, havia uma pessoa em frente a casa, conhecida nos meios policiais como "G....", qualificado como "J. C. I. P".  Ao visualizar as viaturas "G......" saiu rápido do local, levantando-se assustado, de modo totalmente suspeito, o que ensejou a fundada suspeita em realizar busca pessoal no mesmo.

Realizada a busca foi encontrado com ele R$ 82,00 (oitenta e dois reais) em notas diversas e um aparelho de telefonia celular marca Motorola, cor preta. Indagado JCIP disse que estaria ali apenas sentado, no entanto, "G...." é constantemente visto em frente ao local dos fatos pelas equipes de investigação da Delegacia de Valparaíso, inclusive havendo denúncias de que ele seja o vendedor e olheiro de toda a organização.

Ao realizar a incursão no imóvel lograram êxito em encontrar dentro da residência as pessoas de L. A. S., que detinha o aparelho de telefonia celular IPHONE cor rosa, E. L. P. R., detentor de um aparelho de telefone IPHONE modelo A1457, e os adolescentes J.N.A., com 14 anos de idade, e K. G. O. M., com 17 anos de idade, que detinha também dois aparelhos de telefonia celular, marcas SAMSUNG modelo SM-G531/DL, e SAMSUNG, modelo Duos de cor branca.

Todos os 04 (quatro) indivíduos estavam embalando cocaína em micro tubos e saquinhos de plástico, retirando-se entorpecente de um saco plástico maior (sacola de mercado), que pesou cerca 223,2 gramas de cocaína, e preenchendo os micros tubos vazios, havendo ainda 10 (dez) micro tubos já preenchidos e 19 (dezenove) invólucros contendo cocaína e para venda que estavam ali próximo a linha de produção, e ainda 203 (duzentos e três) micro tubos vazios que seriam preenchidos com o entorpecente.

Ainda, dentro da residência encontrava-se F. H. S., vulgo "C....", (detinha os aparelhos de telefonia celular LG modelo CE0165 e Positivo P25), conhecido traficante de drogas, e pelas informações policiais recebidas pela delegacia seria o chefe da organização criminosa nesta cidade (disciplina da facção), sendo que o mesmo ao ser indagado apontou que no sofá em que estava sentado havia micro tubos contendo cocaína, sendo encontrado 21 (vinte e um) micro tubos naquele móvel, e ainda em uma mochila, sobre a cama, com mais 15 (quinze) micro tubos contendo cocaína, e apontou também que escondido, havia um revólver de sua propriedade, calibre 38, alimentado com 06 (seis) munições integras (marca Taurus) dentro do travesseiro sobre sua cama, não possuindo documentação em relação a arma, e ainda foi encontrado em seu bolso o valor de R$ 214,60 (duzentos e catorze reais e sessenta centavos) em notas e moedas diversas.

Também estava na casa O. J. M., vulgo "V....." como traficante de drogas da cidade e que segundo investigação promovida pelo setor competente da Delegacia é o comparsa de "C....". Vale ressaltar que "V...." é o dono de todas as casas do aglomerado revistado. Com "V..." foi encontrado R$ 100,00 (cem reais) em notas diversas. Indagados, L.A.S.,  E. L. P. R. e os adolescentes K. e J. nada disseram, enquanto F.H.S. vulgo "C..." dizia a todo momento que: os BOs são todos meus... é tudo meu, se referindo as drogas e arma.

"V....." ao ser questionado disse que estaria ali de passagem, todavia não soube explicar a origem do dinheiro. Foi apreendido com "C..." dois cordões dourados que aparentavam ser de ouro e que podem ter sido produto de roubo, a ser feito o reconhecimento com a vítima em data futura. Em resumo foram apreendidos o TOTAL de R$ 396,60 (trezentos e noventa e seis reais e sessenta centavos) em notas diversas, uma porção grande de cocaína acondicionada dentro de uma sacola de mercado que pesou cerca de 223,2 gramas, e 46 (quarenta e seis) micro tubos contendo cocaína que pesou cerca de 34,2 gramas, e ainda 19 (dezenove) invólucros prontos para venda contendo cocaína pesando próximo a 2,3 gramas, totalizando aproximadamente 259,7 gramas de cocaína, além de 01 revólver calibre 38, descrito acima, alimentado com 06 (seis) munições integras, e 07 (sete) aparelhos de telefonia celular mencionados acima, e 203 (duzentos e três) micro tubos vazios para serem preenchidos com cocaína, e 02 cordões dourados.

Foi necessária a utilização de algemas nos maiores por receio de fuga. Diante dos fatos encaminharam-se os indivíduos mencionados, as drogas, o dinheiro, os aparelhos de telefônica celular, os micro tubos vazios, a arma de fogo e munições para a Delegacia de Polícia para as medidas pertinentes de Polícia Judiciária. Com exceção de E.L.P.R. todos já possuíam passagens policiais anteriores por trafico de drogas. Por Josiane Lorensette

Compartilhar Google Plus

Autor Guararapes Sorriso News

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial