Ataques a tiros deixam mais de 40 mortos em mesquitas na Nova Zelândia



ataques a tiros simultâneos em duas mesquitas de Chritchurch, na Nova Zelândia, deixaram mais de 40 mortos nesta sexta-feira (noite de quinta-feira, no Brasil). Cerca de 50 pessoas estão feridas, entre adultos e crianças, sendo que 12 estão em estado grave. Quatro suspeitos foram detidos - três homens e uma mulher. A polícia, porém, não descarta a participação de mais gente nos ataques.


Um vídeo divulgado mostra a prisão dos suspeitos, que tentaram fugir em dois carros, mas foram cercados pelos policiais. De acordo com a polícia local, havia explosivos e munição nos veículos. Pelo menos um dos presos confirmou ter participado dos atentados e entregou um manifesto com 74 páginas de conteúdo contra imigrantes.


Outro vídeo publicado nas redes sociais pelos atiradores mostra a ação de um deles. Ele usa uma metralhadora e chega a uma das mesquitas atirando, atingindo quem aparece no caminho.


A primeira-ministra, Jacinda Ardern, que está em uma conferência, no Quênia, disse que é um dos piores dias da história do país e que os culpados não têm lugar na Nova Zelândia.


Christchurch é uma das maiores cidades da Nova Zelândia, com pouco mais de 360 mil habitantes. O alvo dos atiradores era a comunidade muçulmana.

SBT INTERIOR

Compartilhar Google Plus

Autor Guararapes Sorriso News

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial