Óptica Ocular

Óptica Ocular
óptica ocular

DELY PADARIA E RESTAURANTE

DELY PADARIA E RESTAURANTE
ESTABELECIMENTO ACLIMATIZADO

CURTA A NOSSA FAN PAGE

ADVOCACIA

ADVOCACIA

Pen drives, cartões de memória, drogas, cigarros e celulares são apreendidos em presídios da região




Nos dias 17 e 18 de novembro, estabelecimentos prisionais subordinados a Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste) registraram tentativas frustradas de inserção de objetos ilícitos nos presídios e que foram barrados durante os procedimentos de revista. Vale lembrar que os visitantes flagrados são excluídos do rol de visitas e levados à Delegacia de Polícia Civil mais próxima, sem prejuízo de responderem na esfera criminal. Também é instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os materiais podendo, ainda, ser instaurados Procedimentos de Apuração Preliminar para apurar supostas responsabilidades funcionais.

SÁBADO (17.11.18)
PENITENCIÁRIA DE IRAPURU
Durante realização dos procedimentos de revista em alimentos trazidos por visitantes de sentenciados, agentes encontram um caderno dentro da bolsa trazida pela mãe de um deles. Entre as folhas do caderno havia uma adulteração, com algo colado, de cor alterada, aparentando se tratar de entorpecente sintético K4. O material foi apreendido, a autoridade policial comunicada e a visitante, além de suspensa do rol de visitas, encaminhada à delegacia para prestar esclarecimentos. O sentenciado envolvido foi conduzido ao pavilhão disciplinar e responderá à Procedimento Disciplinar para apuração dos fatos.

PENITENCIÁRIA DE PRACINHA
Com uma mesma forma de agir, três mulheres que visitariam os respectivos companheiros na unidade prisional tentaram burlar a segurança e entrar com erva esverdeada aparentando maconha no fundo falso da calcinha, bem como, no cós da peça íntima e no cós da calça, respectivamente. Além do forte odor, havia volume nas vestimentas. Todas foram suspensas do rol de visitas e entregues para providências policiais.

PENITENCIÁRIA “OZIAS LÚCIO DOS SANTOS” DE PACAEMBU
Ao entrar na unidade para visitar os companheiros que cumprem pena no local, duas mulheres traziam consigo alimentos que, como de praxe, passaram pelos procedimentos de vistoria por raios X. Neste momento, o aparelho apontou que havia ilícitos entre o “jumbo” das visitas, sendo encontrada com uma delas 09 (nove) maços de cigarros com erva esverdeada no interior, supostamente maconha, e com outra 01 (um) carregador de celular, escondido no fundo da sacola.  A Polícia Militar foi acionada e as mulheres suspensas do rol de visitas e conduzidas após o flagrante para a Delegacia de Polícia local, para as providências de praxe.

PENITENCIÁRIA “TACYAN MENEZES DE LUCENA” DE MARTINÓPOLIS
Dentre as companheiras de sentenciados que chegaram ao presídio para visitá-los, sete delas foram barradas na entrada da unidade por serem flagradas, durante os procedimentos de revista, portando ilícitos. Cinco delas esconderam cada qual 01 (um) celular na vagina, enquanto outra trazia substância análoga à maconha. Por fim, a última escondia dentro do top 06 (seis) pacotes com substância semelhante a entorpecentes, sendo: 04 (quatro) com suposta cocaína, 02 (dois) com suposta maconha e mais alguns comprimidos. Os objetos e as visitantes foram encaminhados para a Delegacia local e estas foram suspensas do rol de visitas. Foi instaurado Procedimento de Infração Disciplinar em desfavor dos sentenciados para apuração de responsabilidade no evento.

PENITENCIÁRIA “JOÃO BATISTA DE SANTANA” DE RIOLÂNDIA
Com duas sacolas plásticas contendo alimento para o companheiro sentenciado, que cumpre pena na unidade, uma mulher acabou barrada durante os procedimentos de revista. Isso porque, ao abrirem um vidro de sabão líquido, Agentes de Segurança Penitenciária encontraram um fundo falso, com tampas sobrepostas na embalagem original a qual também estava danificada. Dentro da tampa havia 41 pedaços de adesivos recortados com aproximadamente 02 cm, aparentando ser o entorpecente K4.  A Polícia Militar foi acionada e conduziu a mulher ao plantão da delegacia, além de ser suspensa do rol de visitas.

PENITENCIÁRIA DE JUNQUEIRÓPOLIS
O aparelho de scanner corporal identificou imagens de ilícitos ocultos no corpo de duas mulheres, na altura da cintura. Uma delas confessou e entregou 01 (um) celular, enquanto a outra negou o fato e teve que ser conduzida pela Polícia Civil à Santa Casa. Lá, ela pediu um copo d’água para despistar os agentes e tentou dispensar o objeto ao jogar o copo no lixo. No entanto, foi impedida pela equipe de escolta, que identificou 01 (um) celular. Além de suspensas do rol de visitas, as mulheres foram levadas à delegacia para os procedimentos de praxe e os sentenciados recolhidos ao Pavilhão Disciplinar.

PENITENCIÁRIA III “ASP PAULO GUIMARÃES” DE LAVÍNIA
A companheira do sentenciado M.B.S foi surpreendida tentando ingressar no ambiente carcerário com 01 (um) aparelho de telefone celular preto. A apreensão ocorreu depois que a visitante passou pelo equipamento de detecção de metal “Body Scanner”. O objeto estava acondicionado num invólucro confeccionado com fita de alta fusão, papel carbono e grafite em pó, e introduzidos em sua genitália. Foram realizados os procedimentos de praxe e o sentenciado, por sua vez, isolado preventivamente em cela disciplinar.

DOMINGO (18.11.18)
PENITENCIÁRIA "WELLINGTON RODRIGO SEGURA" DE PRESIDENTE PRUDENTE
Durante o procedimento de revista em visitantes, agentes perceberam um volume suspeito no top de uma das mulheres, onde posteriormente foi encontrado um bolso falso, com uma porção de maconha. A mulher foi suspensa do rol de visitas e conduzida à Delegacia de Polícia Especializada (DISE) para lavratura do Auto de Prisão em flagrante, enquanto o sentenciado responderá a Procedimento Disciplinar para apuração de falta.

PENITENCIÁRIA II “LINDOLFO TERÇARIOL FILHO” DE MIRANDÓPOLIS
Agentes penitenciários descobriram, durante os procedimentos de revista, anotações de depósito bancário subscritas em absorventes e encontraram dentro de uma linguiça 04 (quatro) pendrives e 04 (quatro) cartões de memória, em meio a alimentos. Os materiais seriam entregues a um sentenciado e foram vistos por intermédio de raios X. Por isso, o sentenciado envolvido será investigado e a mulher foi suspensa do rol de visitas, além de ser conduzida à delegacia para as providências pertinentes.

PENITENCIÁRIA II “LUIZ APARECIDO FERNANDES” DE LAVÍNIA
Ao sentar no banco detector de metais durante procedimentos de revista, uma mulher que visitaria o companheiro na unidade prisional ouviu o aparelho sinalizar positivamente. Diante do ocorrido, foi submetida ao scanner corporal, onde ficou clara a presença de 01 (um) celular no órgão genital da visitante, a qual foi levada com o telefone perante a autoridade policial para as providências da Polícia Judiciária, além de ser suspensa do rol de visitas. O sentenciado foi isolado preventivamente e responderá a Procedimento Disciplinar.

PENITENCIÁRIA I “VEREADOR FREDERICO GEOMETTI” DE LAVÍNIA
No momento em que a companheira de um sentenciado passava seus pertences no setor de revista, funcionários encontram na sacola, com pertences da sua filha, um invólucro contendo uma substância branca aparentando ser “cocaína”. A mulher foi então encaminhada à delegacia e o sentenciado encaminhado ao pavilhão disciplinar para providências pertinentes ao caso.

CENTRO DE DETENÇÃO PROVISÓRIA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Com uma porção de maconha escondida entre as vestes, uma mulher tentou visitar seu companheiro que cumpre pena na unidade, mas foi descoberta quando passava pelo scanner corporal. Mesmo assim, alegou que não havia nada de irregular, mas era visível um volume em sua calça. Sendo assim, foi encaminhada ao vestiário, onde foi possível encontrar no cós da calça erva semelhante à maconha.  Diante dos fatos, foi conduzida ao plantão policial, onde foi registrado Boletim de Ocorrência, além de ser suspensa do rol de visitas. O detento responderá à Procedimento Disciplinar Apuratório.


Compartilhar Google Plus

Autor Guararapes Sorriso News

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial