Óptica Ocular

Óptica Ocular
óptica ocular

DELY PADARIA E RESTAURANTE

DELY PADARIA E RESTAURANTE
ESTABELECIMENTO ACLIMATIZADO

CURTA A NOSSA FAN PAGE

ADVOCACIA

ADVOCACIA

Após mútua agressão, casal vai parar no Pronto Socorro e posteriormente delegacia em Guararapes


 
Compareceu ontem à noite (segunda feira 11) na delegacia de Guararapes S.R.B.( 43 anos)  informando que na data de ontem por volta das 19 horas se deslocou até um bar localizado  na Rua Estanislau Fadigas de Souza próximo de sua casa onde se encontrava seu marido G.F.( 46 anos)  chegando lá encontrou o mesmo bebendo e percebeu que ele estava falando ao telefone com uma mulher, pois o volume do aparelho é muito alto.

Nesse momento sem ele perceber retirou o celular de sua mão e verificou que seu marido realmente conversava com uma mulher desconhecida e em seguida devolveu o celular, porem, antes de ir embora disse que ele continuasse a conversa com a mulher. Assim que C.R.B. chegou, ao abrir a porta da cozinha percebeu que seu marido já estava atrás dela e com uma corrente em mãos, corrente essa utilizada para trancar a porta da cozinha.

Nesse momento de G.F. iniciou agressões contra S.R.B. se utilizando da referida corrente em dado momento a mulher conseguiu retirar a corrente da mão de seu marido, onde  ele desferiu um golpe em sua cabeça, tendo vindo a lhe causar um corte.  Nesse momento a briga foi acessada e ambos ficarão na área externa da casa, juntos.

O homem lesionado pediu para que sua mulher o ajudasse a estancar o sangramento em sua cabeça e a mesma o ajudou, passados alguns minutos a polícia militar chegou ao local possivelmente tendo sido acionada por vizinhos que escutaram abriga.

As partes foram conduzidos até o pronto-socorro Municipal onde foram atendidas e medicadas.


S.R.B. apresentava marcas vermelhas nos braços e nas costas já o seu esposo G.F.,precisou de sutura em sua cabeça devido à agressão. Diante do fato, o mesmo encontrava-se bastante embriagado ele permaneceu em observação e sob medicação no pronto-socorro Municipal, não sendo possível colher sua declaração no momento.

Por está razão e por não haver testemunha dos fatos e somado a circunstância de que ambas as partes apresentavam lesões, a autoridade policial deixou de lavrar o Flagrante e registrou- se o presente boletim de ocorrência para que os fatos sejam mais bem esclarecidos. Por Josiane Loprensetti.

Compartilhar Google Plus

Autor Guararapes Sorriso News

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial