TARDE DAS CRIANÇAS EM GUARARAPES

TARDE DAS CRIANÇAS EM GUARARAPES
VENHA SE DIVERTIR NA IGREJA

Óptica Ocular

Óptica Ocular
óptica ocular

DELY PADARIA E RESTAURANTE

DELY PADARIA E RESTAURANTE
ESTABELECIMENTO ACLIMATIZADO

CURTA A NOSSA FAN PAGE

ADVOCACIA

ADVOCACIA

Homem é preso por infringir a lei Maria da Penha em Guararapes



Edição/Josiane Lorensetti

Compareceu na delegacia na noite de ontem segunda-feira (29), por volta das 22h23min os policiais militares Sargento Locatelli e cabo PM Moreira relatando que na data dos fatos  faziam Patrulhamento de rotina quando foram acionados via COPOM acerca de desentendimento de casal junto à Rua Vila Rica bairro Vila Nova na cidade de Guararapes. Chegando ao local, depararam-se com J.L.S. ( 40 anos) na rua, próximo à casa da vítima T.J.O. (22 anos) onde imediatamente ele foi contido para que não empreendesse fuga.

Em contato com a vítima T.J.O. esta relatou que é companheira de J.L.S. e que no período da tarde ele havia lhe  ameaçado de morte e já no  período noturno retornou a residência na Rua vila Rica  desferindo golpes de facão na porta e quebrando a grade da janela por onde adentrou, onde neste momento  a vítima acordou e saiu correndo para casa da vizinha.

Não havia lesão nenhuma das partes e não foi necessária utilização de algemas.  Diante dos fatos os policiais encaminharam as partes para delegacia de Guararapes para as medidas pertinentes. A vítima aponta o companheiro revelando que ele lhe ameaçou desferindo golpes de faca na porta da residência quebrando a janela do imóvel ameaçando- lhe ao dizer que iria matar a vítima.

Na oportunidade a vítima solicitou o deferimento de medida protetivo de urgência uma vez que teme por sua vida. O autor por sua vez diz que  realmente bateu na porta e quebrou a janela,  pois ficou nervoso com a sua esposa que mencionou que o mesmo era vagabundo, no entanto, ele nega a prática de ameaça.

Nesta etapa urgente de consignação sumaríssima  considerando configurado estado  flagrancial previsto no artigo 302, II do código de processo penal haja vista que foi surpreendido acabando de ameaçar sua  esposa de morte, já saindo do local dos fatos, a autoridade policial Dr. José Abonizio  deliberou por lavrar o auto  de prisão em flagrante em desfavor do autor,  uma vez que sua conduta se amolda a figura típica do artigo 147 do código penal ( consumado) devendo incidir os rigores do art. 5°, III e Lei 11340/06.

 Por força do artigo 302 do Código de Processo Penal em razão da pena máxima em abstrato para o crime em estudo, a autoridade policial levando-se em consideração a natureza da infração e também as circunstâncias iniciativas de sua periculosidade arbitrou fiança no valor de R$ 2.000, porém a quantia não foi paga pelo autor motivo pelo qual ele foi mantido no cárcere a disposição da Justiça sendo encaminhado para cadeia pública de Penápolis, onde será apresentado hoje terça-feira para o poder judiciário.
                                                                                          
                                                                                                         

Compartilhar Google Plus

Autor Guararapes Sorriso News

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial