Óptica Ocular

Óptica Ocular
óptica ocular

DELY PADARIA E RESTAURANTE

DELY PADARIA E RESTAURANTE
ESTABELECIMENTO ACLIMATIZADO

CURTA A NOSSA FAN PAGE

ADVOCACIA

ADVOCACIA

Agentes interceptam adaptadores e cartões de memória escondidos em carne na PII de Venceslau




Creme dental e sabão em pedra recheados de maconha, celulares, drogas e estimulantes sexuais foram apreendidas com visitas de presos em diversas unidades

No último final de semana (26 e 27), estabelecimentos prisionais subordinados a Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste) registraram tentativas frustradas de inserção de objetos ilícitos nos presídios e que foram barrados durante os procedimentos de revista. Vale lembrar que os visitantes flagrados são suspensos do rol de visitas e levados à Delegacia de Polícia Civil mais próxima, sem prejuízo de responderem na esfera criminal. Também é instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os materiais podendo, ainda, ser instaurados Procedimentos de Apuração Preliminar para apurar supostas responsabilidades funcionais.

Antes mesmo das visitas de fim de semana, na última quinta-feira (24), agentes penitenciários da Penitenciária de Florínea interceptaram um Sedex destinado a um sentenciado. Dentro do embrulho havia um tubo de creme dental, que não apresentava flexibilidade, um sabão em pedra e fumo. No entanto, dentro desses objetos, o que havia mesmo era maconha. Por este motivo, o entorpecente foi

SÁBADO (26-05-18)
Penitenciária “Asp. Lindolfo Terçariol Filho” de Mirandópolis (PII)
Ao visitar o irmão que cumpre pena na unidade prisional, um homem tentou esconder 01 (um) invólucro na barra da calça contendo 100 (cem) comprimidos de estimulante sexual. O rapaz foi suspenso do rol de visitas e levado à delegacia para as providências pertinentes.

Penitenciária de Irapuru
Durante os procedimentos de revista no aparelho Raio-X, foram encontrados 20 comprimidos de estimulante sexual  na alça da sacola da visitante J.F.S.G. A mulher foi suspensa do rol de visitas e encaminhada à Delegacia de Polícia Civil para as providências de praxe. 

Penitenciária “Vereador Frederico Geometti” de Lavínia (PI)
Ao passar pelos procedimentos de revista, a visitante N.C.A. foi flagrada com certo volume na barra da calça que, após ser verificado, verificou-se tratar de 02 (dois) invólucros de substância entorpecente maconha. A mulher foi suspensa do rol de visitas e levada à delegacia de polícia para as providências cabíveis, enquanto o sentenciado levado ao Pavilhão Disciplinar para apuração dos fatos.

Penitenciária “Asp. Paulo Guimarães” de Lavínia (PIII)
Um invólucro com 01 (um) celular, revestido por fita de autofusão, grafite em pó e papel carbono, estava inserido na genitália de uma visitante que entraria na unidade prisional neste sábado (26). O ilícito foi descoberto pelo equipamento de Scanner Corporal e, segundo a mulher, geraria a ela um lucro de R$ 800,00 após a entrega. Por isso, foi excluída do rol de visitas e encaminhada à delegacia de polícia, enquanto o sentenciado foi isolado preventivamente. No dia seguinte (27), outras duas mulheres foram apreendidas tentando driblar a segurança da mesma maneira. Mas, por negarem o fato, precisaram ser encaminhadas até o hospital de Mirandópolis para passar por exame médico, onde foram constatados os ilícitos.

Penitenciária “Tacyan Menezes de Lucena” de Martinópolis
A companheira de um sentenciado foi surpreendida tentando entrar na unidade com 01 (um) fone de ouvido para celular escondido dentro da sacola em que transportava alimento para o preso. No dia seguinte, outra visitante foi flagrada com 01 (um) micro celular introduzido na genitália. Por este motivo, foram instaurados Procedimentos Disciplinares em desfavor dos sentenciados, que responderão à apuração preliminar, enquanto as mulheres foram suspensas do rol de visitas.

DOMINGO (27-05-18)
Penitenciária “Ozias Lúcios dos Santos” de Pacaembu
Quatro mulheres, ao tentar visitar os respectivos companheiros que cumprem pena no local, tentaram driblar a segurança da unidade prisional e ingressar no ambiente carregando em oculto 01 (uma) placa de aparelho celular, 03 (três) invólucros de maconha e 01(um) invólucro de cocaína, respectivamente, inseridos nas genitálias. As descobertas ocorreram durante passagem pelo equipamento de Scanner Corporal. A Polícia Militar foi acionada, as mulheres suspensas do rol de visitas e conduzidas à Delegacia de Polícia local. Os sentenciados envolvidos responderão a Procedimento Disciplinar e foram isolados preventivamente.

Penitenciária “Silvio Yoshihiko Hinohara” de Presidente Bernardes
Com a ajuda do Scanner Corporal, Agentes de Segurança Penitenciária impediram a entrada de três mulheres que tentaram adentrar ao presídio em dia de visita portando 01(uma) faca de serra inox, 01(um) celular e 01(uma) porção de cocaína, respectivamente. O material cortante estava escondido dentro de uma vasilha com alimentos e os demais objetos ocultos nas genitálias. Todas foram suspensas do rol de visitas e encaminhadas à delegacia, onde foram lavrados Boletins de Ocorrência (BO). Também foram instaurados Procedimentos Disciplinares para apurar a cumplicidade dos sentenciados que receberiam os ilícitos.

Penitenciária “Maurício Henrique Guimarães” de Presidente Venceslau (PII)
Durante o procedimento de revista no jumbo (alimentação) da visitante C.C.A.A., companheira de um sentenciado da unidade, foi encontrado um invólucro com 13 (treze) placas de adaptadores de cartão de memória e 02 (dois) cartões de memória, escondidos dentro de um pedaço de carne. Diante dos fatos, a mulher foi suspensa do rol de visitas e levada à delegacia.

Penitenciária Feminina de Tupi Paulista
Uma mulher tentou esconder entre o prendedor de cabelos 01 (um) invólucro contendo uma substância esverdeada, aparentando maconha, e entrar na unidade para realizar visita. Mas, com o auxílio do Scanner Corporal, os Agentes de Segurança Penitenciária a flagraram. A Polícia Militar foi acionada e a conduziu para a delegacia, além de ser suspensa do rol de visitas. A sentenciada que seria visitada foi isolada para apuração dos fatos.

Penitenciária de Assis
Ao passar pelo Scanner Corporal, a companheira de um sentenciado foi flagrada tentando ocultar na genitália um invólucro contendo cerca de 80 gramas de maconha. A polícia foi acionada e conduziu a mulher à delegacia, além de ser suspensa do rol de visitas.





Compartilhar Google Plus

Autor Guararapes Sorriso News

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial