Óptica Ocular

Óptica Ocular
óptica ocular

L.C.S.

L.C.S.
DO AMIGO LUIZÃO VIGILANTE

ÓTICA VIZA

ÓTICA VIZA

ADVOCACIA

ADVOCACIA

Chocolate em pó recheado de maconha e outros ilícitos são apreendidos em presídios da região; veja vídeo

A Secretaria da Administração Penitenciária informa sobre as apreensões nas unidades prisionais da região. Sobre a apreensão do chocolate em pó , também temos vídeo que vai em separado:  

Assis

Domingo, 18, agentes da Penitenciária de Assis encontraram maconha em achocolatado em pó. Durante procedimento de revista nos itens trazidos por visitante, mãe de sentenciado da unidade, funcionárias desconfiaram do achocolatado em pó, trazido em um saquinho transparente. Procederam à revista minuciosa do achocolatado, peneirando-o. Na peneira ficaram várias “bolinhas” de uma substância esverdeada, com cheiro característico e cor de maconha. A Polícia Militar foi acionada e visitante e ilícitos, encaminhados à Central de Polícia Judiciária de Assis para providências. A visitante foi ainda suspensa do rol de visitas da unidade. O sentenciado foi colocado em isolamento e responderá a Procedimento Apuratório Disciplinar.


Junqueirópolis
Na Penitenciária de Junqueirópolis, no domingo, 18, por volta das 10h50, visitante, companheira de sentenciado, foi flagrada pelo aparelho de scanner corporal com um objeto em suas partes íntimas. Questionada, ela retirou espontaneamente um invólucro contendo um aparelho do tipo microcelular.

Lavínia
Foram realizadas quatro apreensões nos presídios de Lavínia no fim de semana: duas na Penitenciária I “Vereador Frederico Geometti" de Lavínia e no domingo, 18, uma na Penitenciária II “Luis Aparecido Fernandes" de Lavínia e uma outra na Penitenciária III "ASP Paulo Guimarães" de Lavínia.

Na Penitenciária I de Lavínia, no sábado, 18, ao passarem pelos procedimentos de revista com o aparelho de body scanner, duas companheiras de presos da unidade, foram surpreendidas com algo introduzido em seu corpo. Separadamente, ela  acabaram confessando que estavam com invólucro introduzido na genitália e no banheiro retiraram-nos. Uma estava um invólucro contendo cocaína e a outra, maconha As visitantes foram conduzidas até a Delegacia de Polícia de Lavínia. Na Penitenciária II de Lavínia, no domingo, ao passar pelo Banco Detector de Metais, companheira de preso da unidade acabou acionando positivamente o aparelho. Indagada, a visitante retirou voluntariamente de seu órgão genital um "invólucro" contendo um aparelho de telefonia móvel celular, sem chip de operadora. Também no domingo, porém na Penitenciária III, ao passar pelo aparelho de scanner corporal, companheira de sentenciado foi surpreendida tentando ingressar com um invólucro introduzido em sua genitália, contendo em seu interior um aparelho celular.
              
Martinópolis

Foram seis apreensões no fim de semana na Penitenciária "Tacyan Menezes de Lucena" de Martinópolis, sendo cinco no sábado e uma no domingo. No sábado, 17, quatro companheiras de presos da unidade foram flagradas tentando entrar com maconha dentro de invólucro oculto nos genitais. Já a mãe de um dos sentenciados usou da mesma maneira para tentar entrar com um micro aparelho celular. Já no domingo, 18, outra companheira de preso tentou ingressar na unidade portando um invólucro, introduzido em sua genitália, que também continha maconha. Todos os casos foram detectados pelo scanner corporal da unidade.

Mirandópolis

No domingo, 18, uma visitante foi flagrada pelo aparelho de scanner corporal da Penitenciária  II "ASP Lindolfo Terçariol Filho" de Mirandópolis  com objeto estranho oculto no corpo. Ela foi levada ao Hospital local pela Polícia Militar onde foi constatado que se tratava de um invólucro contendo maconha.

Pacaembu
Na  Penitenciária "Ozias Lúcio dos Santos" de Pacaembu, foram duas apreensões no sábado, 17. Uma visitante, companheira de sentenciado, foi flagrada com um invólucro contendo cocaína e, oculto no forro da peça íntima que usava, foi encontrada uma porção de erva esverdeada aparentando ser maconha. Outra companheira de outro preso foi surpreendida com invólucro, também contendo cocaína. O ilícito estava introduzido em sua genitália. Enquanto a visitante aguardava a chegada da Polícia Militar, acabou confessando que a documentação apresentada para a sua inclusão no rol de visitas era falsa.

Presidente Bernardes
No domingo, 18, foram três apreensões na Penitenciária "Silvio Yoshihiko Hinohara" de Presidente Bernardes. Nas três ocorrências, visitantes foram flagradas com invólucros ocultos no corpo. Duas retiraram em local reservado na própria unidade, que abertos revelaram conter maconha e cocaína. Já a terceira requereu que novos exames fossem realizadso e nesse sentido ela foi conduzida até o Hospital local. Após a realização de exames de raio-x foi constatado a presença de um invólucro, o qual continha em seu interior cocaína.


Riolândia
Na Penitenciária "João Batista de Santana" de Riolândia, no sábado, 17, companheira de sentenciado da unidade foi flagrada pelo aparelho de scanner corporal com um  invólucro introduzido em seu órgão genital contendo uma placa de aparelho celular.
São José do Rio Preto


Foram duas apreensões no CDP de São José do Rio Preto no domingo, 18: irmão de detento foi flagrada com cocaína no absorvente e companheira de outro preso tinha escondidos no top que usava invólucros contendo maconha e cocaína.









Compartilhar Google Plus

Autor Guararapes Sorriso News

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

CURTA A NOSSA FAN PAGE