Óptica Ocular

Óptica Ocular
óptica ocular

L.C.S.

L.C.S.
DO AMIGO LUIZÃO VIGILANTE

ÓTICA VIZA

ÓTICA VIZA

ADVOCACIA

ADVOCACIA

Agentes apreendem maconha em cigarros, faca escondida em alimentos, chave de fenda, microcelulares e outros ilícitos em presídios da região durante o Carnaval

A Secretaria da Administração Penitenciária informa as apreensões na região. Ao todo, 18 visitantes, todas mulheres foram flagradas tentando entrar com ilícitos nos presídios de Junqueirópolis, Lavínia, Martinópolis, Mirandópolis, Pacaembu, Presidente Bernardes, Presidente Venceslau, Riolândia e Valparaíso.
Em todos os casos, as visitantes foram levados às delegacias de polícia locais para registro de Boletim de Ocorrência, além de serem suspensas da lista de visitas, sem prejuízo do processo criminal. Os presos identificados como receptores dos ilícitos foram isolados e responderão a Procedimento Apuratório Disciplinar.

Flórida Paulista

No domingo, 11, por volta das 08h, houve a apreensão de um aparelho micro celular com visitante, companheira de sentenciado da Penitenciária de Flórida Paulista, no momento em que ela passava pelos procedimentos de revista no aparelho body scanner da unidade.

Junqueirópolis

Também no domingo, 11, por volta das 11h20, durante procedimento de revista em companheira de sentenciado da Penitenciária de Junqueirópolis, foi constatada a presença de um objeto. Na imagem do aparelho de scanner corporal, aparentava tratar-se de uma placa para aparelho celular introduzido no ânus. Diante do fato a visitante foi encaminhada para o plantão policial e posteriormente à Santa Casa local para que o referido aparelho pudesse ser retirado.


Lavínia
Foram duas apreensões no sábado, 10, na Penitenciária II de Lavínia e uma no domingo, 11, a Penitenciária III da mesma cidade. Em Lavínia II,  ao ser submetida aos procedimentos de imagem do equipamento de scanner corporal, ficou evidenciado a presença de corpo estranho na região de  genitália de companheira de sentenciado da unidade. Ao ser indagada se portava algum objeto ilícito, ela respondeu negativamente. Diante os fatos, foi acionada a Polícia Militar a fim de conduzi-la ao Hospital Estadual de Mirandópolis na presença de agentes femininas. Ocorreu que no Hospital a mesma recusou-se a realizar exames e procedimentos, sendo em seguida encaminhada a Delegacia de Polícia deste município de Lavínia, momento que retirou voluntariamente de sua genitália um invólucro que ao ser verificado foi constatado que continha um micro aparelho de telefonia móvel celular.
No mesmo dia, em uma segunda ocorrência, ao ser revistado uma sacola plástica que outra visitante, irmã de outro sentenciado, foram encontrados entre dois pedaços de borracha no interior de uma vasilha plástica, um chip de celular.
No domingo, na Penitenciária III de Lavínia, às 11h55, visitante , companheira de sentenciado, foi surpreendida tentando ingressar  com um invólucro introduzido na vagina ao passar pelo aparelho de scanner corporal. Posteriormente, após sua retirada, foi verificado que ele continha em seu interior um aparelho celular. Questionada sobre o fato, a visitante alegou que ganharia a importância de R$ 800,00 caso sua tentativa desse certo.

Martinópolis
Na Penitenciária de Martinópolis, foram duas tentativas no sábado, 10, e uma no domingo, 11: por volta das 08h30, a companheira de um dos sentenciados tentou ingressar na unidade portando um invólucro, introduzido em sua genitália, contendo um micro aparelho de telefonia celular. Na mesma data, por volta das 10h45, a irmã de outro sentenciado, tentou ingressar na unidade portando um invólucro, introduzido em sua genitália, contendo aproximadamente 15 metros de fio de cobre. No domingo, 11, por volta das 08h, outra companheira de  outro sentenciado tentou ingressar na unidade portando um invólucro, introduzido em sua genitália, que continha maconha.

Mirandópolis
Foram duas apreensões, ambas no sábado, 10, cada uma em uma unidade diferente de Mirandópolis. Na Penitenciária I de Mirandópolis, por volta das 9h, durante o procedimento de revista nos objetos trazidos por visitante,  companheira de sentenciado da unidade, foi encontrado dentro de um maço de cigarros, vários cigarros contendo em seu interior maconha, aproximadamente 9,8 gramas. Também no sábado, 10, na Penitenciária II de Mirandópolis, o aparelho de escaneamento corporal da unidade flagrou uma visitante, companheira de sentenciado,  com algo na genitália. Ela foi encaminhada ao Hospital Regional de Mirandópolis para retirada do ilícito, que revelou-se um invólucro contendo maconha.

Pacaembu

Foram duas apreensões no sábado, 10, e uma no domingo, 11 na Penitenciária de Pacaembu. Ao passar pelo aparelho Body Scanner, uma visitante, companheira de sentenciado, foi surpreendida tentando entrar na unidade com um invólucro contendo em sua interior cocaína. O ilícito estava introduzido em sua genitália.  No mesmo sábado, ao passar pelos procedimentos de Raios X e vistoria de alimentos (revista de jumbo), foi encontrado no interior da vasilha com alimentos trazida por esposa de outro sentenciado, uma faca com aproximadamente 20 centímetros de comprimento. No domingo, 11, visitante, companheira de sentenciado foi surpreendida tentando entrar com um invólucro, contendo em seu interior uma porção de cocaína. O ilícito estava introduzido em sua genitália.


Presidente Bernardes

No sábado, 10, durante revista na bolsa de pertences destinados a sentenciado da Penitenciária "Silvio Yoshihiko Hinohara" de Presidente Bernardes, o popular “jumbo”, agentes chave de fenda de cabo preto, medindo aproximadamente 20 cm.  No dia seguinte, 11, uma outra visitante do sexo feminino, ao ser submetida ao equipamento de body scanner apresentou imagem suspeita, entretanto, a mesma alegava não possuir qualquer objeto no interior do corpo. Nesse sentido, a mesma foi convidada a ser encaminhada até o Hospital local para realização de exames de RX. Após a realização do exame, novamente foi constatado a presença de corpo estranho, momento em que a mesma retirou do órgão íntimo um micro aparelho de telefonia celular.


Presidente Venceslau
No domingo, 11, na Penitenciária II de Presidente Venceslau, durante revista manual, companheira de preso da unidade foi surpreendida ao entrar na Unidade com duas garrafas de refrigerantes contendo bebida destilada.


Riolândia
Visitante, companheira de sentenciado da Penitenciária de Riolândia, passou pelo body scanner da unidade que detectou algo suspeito na região dos genitais no domingo, 11. Ao ser questionada sobre o fato ela relatou não estar em posse de nada.  A visitante foi conduzida por livre e espontânea vontade até a Santa Casa local, tendo sido constatado através de exame de Raio X, que ela  estava em posse de um invólucro introduzido na genitália. Ela confessou  que se  tratava de substância entorpecente conhecida como cocaína a qual seria entregue para seu companheiro.  



Valparaíso
Flagrada pelo body scanner com algo estranho na altura do abdômen, companheira de sentenciado da Penitenciária de Valparaíso confessou estar de posse de um invólucro contendo cocaína. O fato ocorreu no domingo, 11.







Compartilhar Google Plus

Autor Guararapes Sorriso News

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

CURTA A NOSSA FAN PAGE