Óptica Ocular

Óptica Ocular
óptica ocular

L.C.S.

L.C.S.
DO AMIGO LUIZÃO VIGILANTE

ÓTICA VIZA

ÓTICA VIZA

ADVOCACIA

ADVOCACIA

Autor de assassinato no MS é preso pela PM em Araçatuba

Sinvaldo da Silva Lopes, 49 anos, foi preso na noite desta quinta-feira (1), em Araçatuba. Ele é acusado de homicídio na cidade de Aparecida do Taboado (MS). O crime ocorreu na noite de quarta-feira (31).

Após o homicídio, o autor, que é réu confesso, fugiu para a casa de parentes, em Araçatuba. A Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima informando que o acusado estava em um sítio localizado perto da vicinal Caran Rezek, perto do bairro rural de Engenheiro Taveira. Os policiais Marchiolli, Fatori, Barbosa e Eder foram averiguar a denúncia e constataram que um homem, com as mesmas características do acusado, estava escondido em um matagal, perto do sítio.

Os policiais de Araçatuba localizaram o acusado, que admitiu ter vindo de Aparecida do Taboado. Durante conversa, Sinvaldo admitiu envolvimento no crime ocorrido no MS. Ele foi apresentado no plantão policial de Araçatuba. Policiais de Aparecida do Taboado foram acionados e viriam até Araçatuba para buscar o foragido. A Justiça do MS já havia expedido o mandado de prisão contra ele.

O CRIME
Silvaldo Lopes é acusado de matar Edivanio da Silva Viana, 29 anos, a golpes de facão e barra de ferro. O homicídio aconteceu por volta de 21h30 de quarta-feira (31) no bairro Vila Barbosa, em Aparecida do Taboado.

Segundo consta no boletim de ocorrência, testemunhas relataram à polícia que Edivanio foi até a casa de Sinvaldo, conhecido como Bacana, para tirar satisfação sobre uma rixa existente entre as partes. Segundo uma testemunha, Edivanio pulou o muro e entrou na casa do acusado. Houve uma briga e a polícia encontrou a vítima já morta, com ferimentos na cabeça.

Testemunhas contaram que após os gritos, Sinvaldo saiu da casa de bicicleta, junto com a esposa e os três filhos. Conforme a polícia, após o crime, o acusado procurou refúgio na casa de parentes, em Araçatuba, onde acabou preso pela PM. A polícia do MS apura a motivação do crime. Após ser preso em Araçatuba, o acusado comentou que apenas se defendeu de agressões. Do RegionalPress
Compartilhar Google Plus

Autor Guararapes Sorriso News

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

CURTA A NOSSA FAN PAGE