Óptica Ocular

Óptica Ocular
óptica ocular

DELY PADARIA E RESTAURANTE

DELY PADARIA E RESTAURANTE
ESTABELECIMENTO ACLIMATIZADO

CURTA A NOSSA FAN PAGE

ADVOCACIA

ADVOCACIA

Filho de político preso quatro vezes e com mais de cem processos ganha Mega-Sena

Conhecido por responder a mais de uma centena de processos nos âmbitos cível e criminal, o ex-presidente da Assembleia Legislativa do Mato Grosso, José Geraldo Riva mostrou que é um homem de "sorte".

Perto de completar um mês em liberdade (ele foi solto em 8 de abril após seis meses de prisão por decisão do ministro do STF Gilmar Mendes), Riva comemorou, na noite de quinta-feira, o prêmio de R$ 11,2 milhões da Mega-Sena vencido por seu filho, José Geraldo Riva Júnior, e mais dois amigos, identificados como Djalma e Vinicius. Uma foto de Riva comemorando o prêmio com o filho circula nas redes sociais.

Detido em operação da PF, José Geraldo Riva teve a prisão revogadaDepois de prisão, José Riva diz que deixará a política em 2015
TRE julga registro de candidato do PSD ao governo do MTTribunal Regional Eleitoral nega candidatura do maior ficha-suja do país

A aposta de Riva Júnior foi uma das três vencedoras da Mega-Sena das Mães, sorteada pela Caixa Econômica Federal na noite de quinta-feira. Segundo a Caixa, ela foi feita na lotérica Ponto da Sorte, em Cuiabá (MT), com oito números, no valor de R$ 98. Com isso, os três ainda acertaram 12 quinas (R$ 373 mil) e 15 quadras (R$ 12 mil), o que elevou o prêmio de R$ 10,8 milhões da Mega-Sena para R$ 11,2 milhões.

Apostas de Belém (PA) e Santo André (SP) também acertaram as seis dezenas da Mega-Sena na quinta-feira. Os números sorteados foram: 08-11-25-39-41-60.
Globo.com

— Falei com um dos três (depois do resultado). Eles estavam na agência (da Caixa) retirando o prêmio. Avisaram que vão passar aqui amanhã (sábado) — afirmou Márcio Sato, dono da Ponto da Sorte.

Deputado estadual por cinco mandatos, José Geraldo Riva foi preso pela quarta vez em 13 de outubro de 2015 durante a Operação Metástase, que investiga desvio de R$ 1,7 milhão de verba de suprimento da Assembleia de Mato Grosso.

Ele já havia sido preso em maio de 2014, durante a operação Ararath; em fevereiro de 2015, na operação Imperador, acusado de participar de desvios de R$ 62 milhões; e em julho de 2015, na operação Ventríloquo, sob acusação de desviar R$ 10 milhões.



Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/brasil/filho-de-politico-com-mais-de-100-processos-acerta-mega-sena-19251731#ixzz4834F0WxS
© 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Globo.com
Compartilhar Google Plus

Autor Guararapes Sorriso News

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial