Óptica Ocular

Óptica Ocular
óptica ocular

DELY PADARIA E RESTAURANTE

DELY PADARIA E RESTAURANTE
ESTABELECIMENTO ACLIMATIZADO

CURTA A NOSSA FAN PAGE

ADVOCACIA

ADVOCACIA

Pai é acusado de estuprar filho de 4 anos e é espancado em Araçatuba

Foto/Charles Caleb/Ata News
Um homem de 27 anos foi espancado na noite desta quarta-feira (20), em Araçatuba, acusado de abusar sexualmente do próprio filho, uma criança de 4 anos.  Segundo boletim de ocorrência, ele foi violentamente agredido por moradores do bairro Beatriz após a descoberta do estupro. 

Socorrido em estado gravíssimo pela equipe de resgate do Corpo de Bombeiros, o homem foi internado na Santa Casa de Araçatuba, com risco de morte. Nenhum agressor havia sido identificado até o início da madrugada desta quinta-feira (21). A Polícia Militar foi acionada para apurar ocorrência de espancamento no Beatriz, periferia da cidade.

Chagando ao local, os PMs encontraram o rapaz ensanguentado e caído em uma rua de terra.  Os policias apuraram que a própria mulher do agredido havia descoberto o estupro do filho e contato o fato para os moradores, o que causou revolta. A mulher disse aos policias que ficou sabendo do abuso ao dar banho no filho, que reclamou de dor no ânus. Preocupada, a mulher questionou o filho, que apontou o próprio pai como autor da violência sexual.
                                                                                                                                                                             
Transtornada, a mãe do menino desabafou com amigos e estes passaram a informação para outros moradores que, revoltados, espancaram o acusado quase até a morte. O menino foi submetido a exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal) no final da noite desta quarta-feira. Conforme o registro da ocorrência na Polícia Civil, a médica legista Cibele Lujan Pichamoni constatou, de fato, “uma lesão compatível com ato libidinoso do tipo manipulação anal”.


A lesão teria ocorrido há cerca de 15 dias, conforme a médica. Caso o acusado se recupere, ele deverá ser indiciado por estupro de vulnerável, crime que prevê pena de 8 a 15 anos de prisão. 
Fonte: Ata News

PUBLICIDADE
-----------------------------------------------


Compartilhar Google Plus

Autor Guararapes Sorriso News

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial